Tendências de Marketing para 2022

  O futuro promissor das empresas está muito dependente da sua adesão às tendências de marketing. Se antes as empresas se questionavam sobre trabalhar ou não a área do marketing. Nos dias de hoje, a questão passa por perceber se estão ou não a utilizar as técnicas mais adequadas. O marketing é uma infinidade de estratégias e técnicas. E está em constante mudança. Conforme se dão os avanços tecnológicos, dão-se também novas formas de trabalhar o marketing das empresas. Estão, por isso, sempre a surgir novas tendências de marketing.     O digital veio para ficar, isso é certo. Até os negócios locais já necessitam de ter uma presença online para se conseguirem destacar e concorrer com o negócio concorrente que está na rua ao lado. Assim, concordamos que, independentemente da estratégia de marketing de cada negócio, a presença digital é obrigatória para a sobrevivência das empresas.   A Business Avenue, como uma consultora especialista em desenvolver modelos de negócios à medida das necessidades do mercado e objetivos dos empreendedores, está muito atenta às novas tendências do mercado. É fundamental ouvir os consumidores e perceber a forma como os mesmos gostam de consumir, porque eles gostam de comprar, mas são exigentes e cada vez menos fiéis. Assim, tornou-se urgente acompanhar as tendências de marketing, estar em constante adaptação e preparar-se para o que aí vem.   Deste modo, a Business Avenue apresenta-lhe algumas das tendências de marketing que serão fundamentais para o sucesso de qualquer negócio em 2022.  

Tendências de Marketing para 2022:

 

Storytelling

A construção de um storytelling forte e consistente é muito eficaz para a criação de uma relação com as marcas. O storytelling consiste em contar histórias. Todas as marcas têm uma história, a forma como foram desenvolvidas e o seu propósito, formam histórias. As histórias consistem em entretenimento, geram envolvimento com os interlocutores, despertam emoções, criam relações com os consumidores.  

Love Brand

Fazer com que os clientes amem as marcas, que as escolham inconscientemente em detrimento das concorrentes. O McDonald’s, por exemplo, é um ótimo exemplo de uma love brand. Quando se assiste publicidades desta marca, vêem-se pessoas muito felizes por consumirem os seus produtos. A Coca Cola também é uma love brand, assim como a Sumol. Os consumidores compram os seus produtos porque adoram as marcas e aquilo que as mesmas lhes transmitem. Porém, nenhuma destas marcas vende produtos saudáveis e, mesmo assim, são adoradas pelos seus consumidores.  

Marketing Personalizado

Oferecer aos clientes produtos feitos à medida das suas necessidades, desenvolve laços emocionais. Os consumidores adoram ser valorizados e isso torna-os fiéis às marcas. Lembra-se quando a Coca Cola vendeu latas com nomes próprios? Os clientes mexiam nas latas todas à procura do seu nome, compravam e depois tiravam fotografias para partilharem nas suas redes sociais. A Starbucks faz o mesmo ao escrever o nome dos clientes nos copos, e chamar pelo nome para entregar o produto final ao cliente.    

E-commerce

A criação de um website com loja virtual quebra as barreiras de horários e localização, possibilitando a realização de compras em qualquer lugar e hora. O e-commerce potencializa a Acessibilidade, a Conveniência e a Segurança. Os consumidores têm cada vez mais o hábito de pesquisarem online sobre o que pretendem comprar antes de tomarem a decisão de compra. Por isso, é muito importante que venda online os seus serviços, porque os consumidores preferem cada vez mais efetuar a compra online sem terem de se deslocar a determinado sítio, em certos horários.    

Marketing Sustentável

Os consumidores são indivíduos cada vez mais conscientes e preocupados com questões ambientais, económicas e sociais. E, no momento da tomada de decisão, muito preferem contribuir para uma certa causa, seja um produto biológico, com ingredientes naturais. Ou algo que não é testado em animais. Ou algo que reverte x% dos lucros para alguma associação. Entre muitas outras causas.    

Marketing de Referência

O Marketing de Referência consiste em fazer com que os clientes fiquem tão satisfeitos, que depois vendam o seu negócio de livre e expontânea vontade. A referências são, por norma, o veículo que gera credibilidade ao seu negócio. Os potenciais clientes que sejam impactados pelo Marketing de Referência têm uma grande tendência a caminhar rumo ao fecho da venda. Se oferecer o seu produto ou serviço a uma figura pública que se identifique com a sua marca e a mesma ficar satisfeita, será uma mais-valia para o seu negócio. Porque ela irá partilhar a sua experiência com a sua comunidade que a segue de forma ativa nas redes sociais e confia no que a mesma diz e recomenda. Isso significa mais vendas para o seu negócio.    

Vídeo Marketing

O Vídeo Marketing é uma estratégia muito eficaz para a divulgação dos produtos e serviços de um negócio. Os consumidores consomem imensa informação online diariamente. E, por isso, a sua atenção é muito seletiva e difícil de atrair. Os conteúdos audiovisuais são muito eficazes para prender a atenção dos consumidores. Porque são mais fáceis de assistir. Substituir um texto longo por áudio acompanhado de grafismos, imagens e vídeos é muito mais cativante e chama muito mais a atenção. Basta pensar no sucesso que o Youtube e, mais recentemente, o TikTok têm. O seu conteúdo é apenas vídeo.     Na Business Avenue desenvolvem-se estratégias de marketing com base em ideias inovadoras, criativas e centradas no cliente. O objetivo é tornar os negócios resilientes e levá-los ao sucesso. Clique aqui para ficar a conhecer melhor os serviços disponíveis para o seu negócio.   Vera Costa Pereira, CEO da Business Avenue, desenvolveu um programa de Mentoria Marketing & Vendas. Neste programa são abordados temas como as Tendências de Marketing e como as aplicar a cada negócio. Clique aqui para saber mais sobre a Mentoria Marketing & Vendas   Entre em contacto!

A Empresa

Media

Serviços

Executive Academy

E-books

Contactos

Logo Business Avenue